segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Em páginas, a verdadeira história do Brasil.

                                                                                                                               Arquivo
Para quem quer saber como o Brasil se formou e o que ele se tornou.

     Laurentino Gomes- escritor e jornalista-, com muita sabedoria e uma pitada de humor escreveu 1808, um livro que mostra a cara do Brasil na época de Dom João e muitos outros. Como o próprio livro diz, "Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil".
     Composto por 414 páginas de muitas trapalhadas portuguesas, o livro foi lançado em 2007, com a intenção de tratar da clássica história do pais, de forma racional e envolvente, contextualizando a vinda da família real com a política e a economia da época, bem como as invasões Napoleônicas, acordos ingleses e muito mais.
     Avançando um pouco nos anos, o autor tratou também de D. Pedro, a princesa Leopoldina e toda a classe que vivia no Brasil, com o livro 1822 - continuação da obra 1808.
     Em 1822, o autor trata de questões relacionadas ao Brasil recém-formado e liberto e explica de forma clara os problemas enfrentados pelo país.
     Contextualizando, os livros traçam um perfil real dos personagens que edificaram o Brasil e mostra porque ainda hoje mantemos as ideias enraizadas em nossa cultura.


terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Pré- Carnaval esquenta Santo Antonio do Pinhal


                                                                                                     Arquivo
Carnaval da Serra promete ser à moda antiga.

     Você gosta de uma boa folia?Uma  opção é o lançamento do bloco carnavalesco que acontece no próximo sábado, 26, em Santo Antonio do Pinhal.

      Formado por três amigos, o Bloco Pinto da Madrugada – Junção de apelido de um amigo do bloco com a ideia do Galo da Madrugada (bloco famoso do carnaval de Olinda), nasceu à necessidade da volta da Folia dos antigos Carnavais. “Em 2010 percebemos que o carnaval da avenida aqui de Santo Antonio do Pinhal só estava baseado em sambas e banda de Axé Music, e faltava toda a alegria e o calor humano do povo ali concentrado”, comenta Santiago Motta, um dos integrantes do Bloco.
     Além de marchinhas, o bloco também terá os bonecos feitos de taquara que são carregados pelos foliões, trio elétrico além de Freddy Mercury prateado e Maculelê.
     A concentração do Bloco acontece ás 19hs, e a saída é às 21hs. Para participar, basta ter a camiseta do bloco.
     Mais informações pelo telefone (12) 8126-2548.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

CTI: Os motores da economia de Taubaté no passado

                                                                                          Arquivo
A modernização e oantigo se encontram.


     Até as primeiras décadas do século XX a produção de café era predominante na economia taubateana.
     Após o declínio desta monocultura na região do Vale do Paraíba, os taubateanos tiveram a necessidade de reformular a produção econômica, surgindo então em 1891 a Companhia Taubaté Industrial, sendo dirigida por Félix Guisard.
     Os principais fatores que colaboraram para a ascensão da CTI foram a disponibilidade de mão-de-obra barata e a comunicação entre São Paulo e Rio de Janeiro.
     Imigrantes italianos e antigos moradores da zona rural -que migraram para a cidade devido a decadência do café-, compunham o cenário de trabalhadores da C.T.I.
     Esses operários, eram divididos entre homens, mulheres e crianças, a produção têxtil da era concentrada, já que na época não havia normas que regulamentassem o mercado de trabalho.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Garoto amarelo?

                                        Arquivo
O início dos quadrinhos nos jornais.
   Você sabe o início das histórias em quadrinhos?
  No final do século XIX, no ano de 1895, com o advento das empresas jornalísticas e a autonomia das histórias em quadrinhos, o jornal New York World quis testar uma cor em suas páginas sem ser a preta. 
Um modo simples de experimentar essa nova cor, sem prejudicar a credibilidade do jornal para os leitores conservadores, foi publicado um personagem de Richard Fenton Outcout, chamando posteriormente de Yellow Kid (garoto amarelo), já que a sua camisola foi impressa nessa nova cor. 
Esse personagem era um garoto, que por meio de mensagens escritas em suas vestimentas, passava informações críticas e sugestivas ao leitor.
  Posteriormente, o “ menino amarelo” de Outcaut mudou-se para o New York Journal, em 18 de outubro de 1896, sendo pivô dos primeiros processos de formação dos Syndicates- aqueles responsáveis por distribuir as tirinhas para todos os jornais. 
A partir de então, foi usado pelos conservadores o termo “jornalismo amarelo”, já que a elite temia a divulgação de fatos relevantes à classe popular. 
Os quadrinhos são formas de comunicação popular que mostram a crítica para a população, basta detectar.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Dica de livro: " A arte de escrever bem"

                                                                                                 Arquivo
O essencial da comunicação.


     O livro A arte de escrever bem de Dad Squarisi e Arlete Salvador é sem dúvida um guia prático. Ambas ligadas ao jornalismo, elas mostram como a escrita está presente no cotidiano e destrincham  esse monstro que é  juntar as palavras. 
     De forma leve e engraçada, o livro soluciona dúvidas e mostra como deve ser feito um bom texto, claro e limpo. " Os leitores podem não se tornar em novos Machados de Assis, mas enfrentarão mais preparados o desafio de escrever", página 10.
     A obra tem 112 páginas e é da Editora Contexto. Convém ler. 
 

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Debata virtualmente

                                                      Arquivo
É possível interagir e aprender mais.
                                      

     É possível conhecer pessoas na internet e aprender com elas? É possível mudar de opinião e debater por meio de uma tela de um computador? A resposta é sim.
     Como todo mundo sabe, a internet é uma ferramenta de comunicação que ainda tem que ser muito explorada, mas a moda hoje é debater pelas comunidades, fóruns e pelos chats. 
     O que os gregos faziam em meio aos cenários antigos, hoje se faz no meio virtual. E mais, pode-se estar  ao mesmo tempo em várias comunidades nos sites de relacionamento e também  nos chats, além do Twitter.
     Sobre a preferência de assunto, é variável: Filosofia, ciência, tecnologia, religião, empregos, à teu gosto; Tudo se aproveita. Tudo vira assunto.
      Conversar e aprender nunca é exagerado, mas antes de se enfiar de cabeça nesse mundo novo, analise bem qual é a real intenção desses fóruns, uma vez que discriminação seja ela qual for, é crime. 



Quer conhecer?
Eis alguns chats e fóruns. 


Eu tenho uma teoria (ETUT) - http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=775448
Cultura, Ciencia, Filosofia, Religião e História - group1255113@groupsim.com
Speak English- http://go.groups.im/m/ELEX

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Popeye em confronto

                                                                                                                       Arquivo
Ponderação ainda é o melhor remédio.



Um estudo publicado na revista científica “ Cell Metabolism”, afirmou que comer um prato de espinafre todos os dias aumenta a eficiência muscular,ou seja,  consumir 300 gramas da folha reduz em  5% a quantidade de oxigênio necessária para o funcionamento dos músculos quando se faz exercício físico.
No começo e no final da experiência, os voluntários submetidos a esse estudo,pedalaram em uma bicicleta ergométrica enquanto era medido seu consumo de oxigênio, que foi entre 3% e 5% menor do que no final da atividade."É como se puséssemos combustível nos músculos. O espinafre faz com que funcionem com muito mais suavidade e eficácia", afirma o autor do estudo, Eddie Weitzberg, do Instituto Karolinska, de Estocolmo.
Mas atenção: Segundo a tese de mestrado, "Avaliação química, protéica e biodisponibilidade de cálcio nas folhas de couve-manteiga, couve-flor e espinafre"  desenvolvida sob orientação de Jocelen Mastrodi Salgado, professora titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba, o espinafre é um dos alimentos vegetais que mais contém cálcio e ferro, mas esses dois minerais são pouco aproveitados pelo organismo humano, já que o alto teor de ácido fítico e oxálico pode interferir na absorção do cálcio no organismo.
Os resultados apontam que além presença desses ácidos, é provável que o espinafre contenha outras substâncias tóxicas ainda não identificadas, que exerceriam ações tóxicas em pessoas mais sensíveis e levariam a chamada "doença do branco do olho azul", ou seja, é preciso mais estudo sobre o tema. “Minha dica é que todos procurem dar preferência a outros vegetais folhosos em substituição ao espinafre: a couve, brócolis, folha de mostarda, agrião, couve flor e leguminosas como os feijões, ervilhas, lentilhas e soja são as melhores opções para quem quer consumir fontes alternativas de cálcio e ferro, afirma Jocelen.